19/01/2008

* straight from the garden 4 : a sálvia

" Como pode um homem adoecer quando ele possui uma erva como essa em seu pomar?? " indagou um médico famoso da Escola de Medicina de Salermo no seculo X. A sálvia , que deriva do latim "saveo" que significa "curar", tem sido associada à idéia de longevidade por séculos. Os fisiatras romanos, gregos e árabes na antiguidade já atribuiam a essa planta a habilidade de promover a acuidade mental, a inteligência e a imortalidade.

Originária do sul da europa a sálvia era associada na mitologia greco-romana à imagem dos faunos e sátiros que davam um dedinho, digo, um casco por uma festa de arromba embalada por muito sexo, booze, rango e rock'n'roll. It kinda sounds like a fun summer party!

Extremamente versátil essa planta é perfeita para as carnes de porco, frango, fauno e vitela além de ser um ótimo aromatizante de sopas, massas, molhos, embutidos, queijos e até de algumas bebidas. So, let’s try it...com as bençãos de Pã !


Bruschetta de fígado de frango com pancetta, cebolas caramelizadas e sálvia



Eu sei, eu sei ! Tem muito gauchão por aí que arrepia até as boleadeiras só de pensar em fígado de frango. Mas sou capaz de apostar que a maioria desses grandões pilchados já devorou um bom pedaço de pão caseiro com um bom patê de fígado "da mamãe" e retornou à cozinha para outra fatia. A adição de cebolas caramelizadas , pancetta, sálvia e o vinho madeira torna essa fantástica iguaria italiana irresistível até a esses machões gaudérios de paladares mais irredutíveis e dengosos ... para o alívio e a felicidade geral de suas maternas matronas !!


2 colheres de sopa de oleo de cozinha

1 cebola pequena , cortada e fatiada em lamidas finas

250 g fígado de galinha, limpo e cortado no meio

50 g de pancetta ou bacon suave (não defumado), picado bem miudo

2 dentes de alho, laminados

2 folhas grandes de sálvia, cortadas bem finas

16 folhas de sálvia pequenas e inteiras ( para fritar)

pimenta do reino, a gosto

sal marinho, a gosto

1 pitada de allspice ( opcional)

2 colheres de sopa de vinho madeira , ou marsala ou cognac

1 baguete

1 dente de alho

4 colheres de sopa de óleo de oliva extra virgem

*

Preparo


1. Numa frigideira de fundo grosso salteie a cebola ate caramelizar. Transfira-as para um coador e deixe escorrer o excesso de gordura.

2. Seque os fígados com um papel-toalha. Cozinhe o alho e a pancetta na mesma frigideira até dourá-los levemente. Adicione os fígado e salteie até que fiquem dourados e que estejem ainda macios ao toque.

3. Adicione a sálvia picada, pimenta do reino, o sal e o allspice. Misture. Acrescente o vinho ou o cognac e flambe.

4. No processador de alimentos, adicione metade da cebola caramelizada e os fígados. Pulse até obter uma pasta rústica. Sirva por sobre as torradinhas com folhas de sálvia fritas e o restante das cebolas por sobre as pastinha.


Para as torradinhas

Corte 16 fatias finas (em um ângulo) do baguete. Esfregue o dente de alho em cada fatia e chuvisque óleo de oliva por sobre cada peça. Leve ao forno a 190 graus por alguns minutos até torrá-las levemente. Procure não deixá-las dura, somente crocantes.




2 comentários:

rafa goularte disse...

muito divertido !

LUCIANO LUNKES disse...

legal que voce gostou, rafa...volte sempre