01/10/2008

* tem oktoberfest e fruschtuck no concha


Pois é, gente bacana do concha ... o chefinho está de volta para prestar uma homenagem à essa admirável cultura que ajudou a forjar - à ferro, fogo e muita teimosia - as bases do povo gaúcho. Poucos imigrantes souberam preservar tão apaixonadamente as suas tradições enquanto que, ao mesmo tempo, se dispuseram a receber as luzes que emanavam das outras culturas que os rodeavam. Afinal, onde mais vocês encontrariam churrasco, cuca e mandioca com farofa dispostos lado a lado sobre a mesma mesa ?? Diga-me o que comes que te direi de onde vens !
O fruschtuck já tá saindo ...
foto: tomada emprestada da web ... questão de dias! heheh

RECEITA: Strudel de Cogumelos

Uma adaptação livre dos famosos strudels de frutas que as nossas roliças - mas diligentes -Grossmutters costumavam oferecer aos nossos incontroláveis apetites infantis durante os alegres dias de kerb . Sendo uma versão salgada, essa receita torna-se uma entrada perfeita quando acompanhada de uma salada leve de folhas verdes. Simples, impressiona e "schmeckt gut". Zea gut, una vez!! Querem mais??

Para o recheio:

500 g de cogumelos sortidos ( silvestres de preferência)
1 cebola média picada
3 colheres de sopa de manteiga
noz moscada ralada fresca ( a gosto)
de 1 a 2 colheres de sopa de jerez seco
1 colher de cha de manjerona
1 colher de sopa de farinha
4 colheres de sopa de um bom parmesão ralado
sal e pimenta a gosto

Para a massa:

1 pacote de massa filo, descongelado
1 ovo, batido
4 colheres de sopa de manteiga derretida

PREPARO
.
1. Preaqueca o forno a 190 graus. Corte tres folhas de 40x30 cm da massa filo. Pincele com a manteiga derretida em cada folha e coloque uma sobre a outra. Cubra com uma toalha semi-umida e reserve. Repita a operacao mais tres vezes de forma a obter 4 pecas de massa filo. Cubra, reserve e faca o recheio.
2. Limpe os cogumelos com um pano umido ou lave-os rapidamente sobre agua corrente caso estejam muito sujos. Enxague e seque.
3. Cozinhe a cebola na manteiga e acrescente os cogumelos e a noz moscada. Salteie por 4 minutos. Adicione o jerez e cozinhe ate o alcool evaporar por completo.
4. Acrescente a farinha, a mangerona , o sal e a pimenta. Deixe esfriar. A mistura deve ficar umida.
5. Pincele com ovo batido as bordas da massa filo. Coloque 1/4 do recheio no centro de cada tabuleiro de massa filo e uma colher de parmesao ralado sobre os cogumelos. Dobre os lados das extremidades da massa para o centro e depois enrole as laterais de forma a obter um rolinho primavera gigante(ou rocambole).
6. Pincele toda a superficie do strudel com ovo batido. Leve ao forno por aproximadamente 15 minutos ou ate dourar. Sirva quente.
***

16 comentários:

Maria Ângela disse...

Já estava na hora de um posting novo, não é mesmo chefinho? Não dá para nos deixar assim na mão por muito tempo. Adoro oktoberfest e a receita parece ser uma delícia.
Beijo
Maria Ângela

LUCIANO LUNKES disse...

Ach du liebe zeit!! Você tem toda a razão, Maria Ângela ! Em todas as colocações. hehehe Depois você me conta se você fez a receita e o que achou dela. Grosse Kuss

Axly disse...

Oieeeeeeeeeeeeee chefinho!
Demora mas volta né^^
Taí uma festa que sou louca pra ir, um dia em breve!
Essa receita é incrível, muuuito legal.
Kisss^^ e não suma tanto assim hein!

Anônimo disse...

Hum...delícia...vou fazer, ou melhor, pedir pro maridão fazer...na cozinha consigo ser pior do que cantando...hehehe...bj Guri

Marcia Donat

LUCIANO LUNKES disse...

hey, axlinha !! Olha, quando tiveres a oportunidade, não deixa de ir mesmo na oktoberfest. Você vai se sentir noutro pais ! heheh..ta bom, vou fazer um trato contigo...eu não sumo e você não some...heheh..beijos

LUCIANO LUNKES disse...

Bem Márcia, se você for ao menos um pouco parecida na cozinha quanto é cantando, pode ir dispensando o maridão aí e vai pondo a mão na massa já, já ... manda o Fritz ir ver o futebol! Ah, e espera ele com o strudel pronto ... heheh
beijo

Vevila disse...

Nossa, que delícia de receita. Nunca fui à oktoberfest mas, comvenhamos, quando se ouve falar nela, só se pensa em... cerveja! hehehe
Assim que puder, vou experimentar.
Beijos

LUCIANO LUNKES disse...

Oi Vevilla,
nada impede que você deguste esse frischtick com uma cervejinha, não é mesmo?? Uma pretinha, bem levinha ... hmm ... "dilicia" !! zea gut !

guga disse...

Má chêê...! O repertório alemon afetou o chefinho!!!
O teu frischtick deve ser uma "diliça",acompanhado de "um cerfechinha chelada", uma saladinha verde... pronto ,não precisa mais nada!
Ou melhor...só o Fritz pra comer "chunto".
beijos

LUCIANO LUNKES disse...

bem, guginha...o Fritz pra ti não deve ser um problema, né??? Só ve se bota ele prá lavar a louça. Não vai acostumando o alemón mal, una fez !!

Marcia Donat disse...

Chefinho...Chefinho...a galera ta babando com as dicas culinárias...e viva os frischtick una vez...although, I should confess, I prefer a wine...or a champagne...

roberto alemão disse...

Olha eu aí amigão, vou receber convites para o camarote da Brahma onde tera degustação de cervejas importadas tudo isso na oktoberfest,isso é privilégio para poucos mas estou te convidando para fazer parte disso. Prosit!!!!

LUCIANO LUNKES disse...

Bah, alemão, e dá pro chefinho ai recusar um convite desses ?? Já estou indo!! Cadê o meu suspensório?? heheh

LUCIANO LUNKES disse...

well, Marcia ... just be careful when you drive , pleaseeeee!! heheh...bj

Axly disse...

Chefinhoooooooo!!
Eu não sumi, mas você cadê?!
Não tá cumprindo a tua parte no trato hein...
Volta logo^^
Kisss!

Renata Xavier disse...

Olá!
Trabalho para o Portal Profissional de Alimentação Cozinhanet e estou em missão de cadastramento de Blogs e Blogueiros, fico no aguardo de um e-mail de vocês para que possamos manter contato!
Podem enviar para renata@cozinhanet.com.br
Abrçs
Grata!